módulo 1

Roteiro de aula – EJA conectando Saberes – Módulo 1

1. Semestre de 2019:

aula 1: apresentação da disciplina, organização em semestre, formas de avaliação, atividades avaliativas, nota de presença/participação, pré-conselho: 25/04, feira do conhecimento/apresentação de projeto brasilidades, encerramento do semestre/conselho de classe: 28/06, exame, confirmação de matrícula.

Aula 2: breve apresentação da história da química: a origem do universo; – história da humanidade/descoberta do fogo; -utilização da química pela humanidade; -conceitos básicos da alquimia; – transformações da matéria.

Aula 3: levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos sobre a química/ciências. Apresentação dos resultado dos conhecimentos prévios.

Aula 4: apresentação de organizadores prévios: história da química, um vídeo sobre a origem do universo: o big bang, e outro sobre os primórdios da história da química.

Março de 2019:

Aula 1: atividade avaliativa. 

1. Semestre de 2018

Fevereiro: 3 aulas, conteúdo: História da química:
19 e 20: apresentação da disciplina no projeto conectando saberes, encerramento semestral com exame, combinados e formas de avaliação;
23, 26 e 27: levantamento dos conhecimentos prévios dos alunos sobre a química/ciências. Apresentação dos resultado dos conhecimentos prévios.

Março: 8 aulas, Conteúdo: história da química, alquimia, e as Transformações químicas.
2: apresentação de organizadores prévios: história da química, um vídeo sobre a origem do universo: o big bang, e outro sobre os primórdios da história da química, e a alquimia (CCEAD PUC RIO)
5: e 6: atividade avaliativa: Os alunos farão a escrita de sua história de vida (sem nome), para dinâmica de troca e leitura. Será avaliada a participação da turma, uma avaliação coletiva em 2 momentos (dia 2 e dia 5 e 6).
9: na 1Fa e 1FB os alunos trocarão seus relatos para leitura e reflexão, e depois escreverão um relato (atividade avaliativa) do que marcou pra eles na história da química (origem até os primórdios) para entregar, atividade poderá ser feita em dupla. (1FC não fez atividade avaliativa).
12 e 13: apresentar o vídeo sobre a alquimia para terminar a história da química, e começar a falar da revolução do conhecimento científico. Propor que os alunos pensem em conhecimentos utilizados no seu cotidiano (senso comum), os conhecimentos para fazer um trabalho de pesquisa e entregar até o dia 26/03.
16: curso de formação: Teia – aula programada
19: na 1FB: falar mais dos conceitos de conhecimento do tipo senso comum ou popular, (receitas caseiras de tratamento para gripe, queimadura, dores, calmantes, dentre outras doenças simples) e explicar que alguns desses conhecimentos foram testados por cientistas e se comprovadas sua eficácia passaram a ser conhecimentos científicos.
Na 1FA falar da aula programada do dia 16/03, sobre a febre amarela com base nos textos fornecidos, os alunos divididos em grupos/duplas devem elaborar campanhas de esclarecimento sobre a febre amarela.
20: Na 1FC realizar a atividade avaliativa sobre a história da química, desde sua origem até a alquimia.
22: começar a apresentar o conteúdo de matéria e suas propriedades, com um mapa conceitual.
23: receber o relatório sobre o experimento do conhecimento do senso comum e debater com os alunos os resultados obtidos.
26 e 27: tabular os dados do experimento dos alunos na sala, no quadro com os alunos.

Abril: 9 aulas: matéria e suas propriedades

2 e 3/4-apresentar o conceito de matéria e suas propriedades gerais:
-Do que é formado tudo o que existe…
Segundos os gregos de matéria, que poderia ser formada pelos 4 elementos da natureza: água, ar, terra e fogo.
Mas hoje se sabe que é formada de partes menores: substâncias > elementos > átomos
Cloreto de sódio > sódio e cloro > Na    Cℓ
Matéria é tudo o que tem massa e ocupa lugar no espaço.
->Propriedades gerais: massa e volume, realizar experimento demonstrativo-investigativo com sacos plásticos, seringas, balança, pesando objetos. Apresentar um mapa conceitual com um resumo das propriedades gerais da matéria:
-Massa – medida da quantidade de matéria de um corpo, seu peso.
-Volume (extensão) – capacidade de preencher um espaço, com matéria sólida, líquida ou gasosa, ou seja: a matéria ocupa lugar no espaço.
-Indestrutibilidade – a matéria não pode ser destruída, apenas transformada.
E mais: maleabilidade, ductibilidade, magnetismo, dureza, etc…
6/4 a matéria possui propriedades específicas:
->Propriedades Específicas: identificam uma substância/elemento. São divididas em física, química e organoléptica.
-Propriedades Específicas Físicas: são medidas diretamente da substância/elemento. Ex: densidade, temperatura de fusão (que congela) e de ebulição (que ferve), solubilidade (quantidade de uma substância que pode ser diluída em água).
-Propriedades Específicas Químicas: são feitas reações (transformações) e o resultado é obtido por comparação (como a comparação de exames de DNA). Ex: combustão (queima), efervescência (comprimido efervescente), oxidação (ferrugem).
-Propriedades Específicas Organolépticas: relacionadas com os 5 sentidos, observar as diferenças (visão), perceber o cheiro (olfato), perceber o sabor (paladar), perceber a textura (tato). Nem sempre é aconselhável utilizar (todas) estas propriedades, principalmente em um laboratório de química.
Para refletir:
1- “Matéria é tudo o que tem massa e ocupa um lugar no espaço,” portanto: A matéria é uma porção de material formado de que…
Segundos os gregos de matéria, a matéria é formada de partes pequenas que poderia ser constituídas pelos 4 elementos da natureza:  água, ar, terra e fogo.
Mas hoje se sabe que é formada de partes menores:
As substâncias > os elementos químicos > os átomos
Cloreto de sódio > sódio e cloro > Na Cℓ
2- A matéria possui propriedades que podem ser usadas para identificá-la, quais seriam elas: as propriedades gerais (que identificam o que é matéria e diferenciam do que não é matéria) e as propriedades específicas (que podem diferencias o tipo de substância e/ou elemento químico presente em uma amostra de matéria).

3- E se a matéria for formada por uma mistura de substâncias químicas, como podemos separá-la: usando as propriedades específicas da matéria e algumas técnicas de separação de misturas, como: decantação, sifonação, filtração, destilação, extração, centrifugação, cromatografia, etc…

Maio:
Fenômenos ou processos: são fatos ou acontecimentos que podem acontecer com a matéria (as substâncias químicas) e podem ser:
-físicos: quando a substância não muda, o que muda é o estado físico da substância (amostra); os estados físicos são: sólido, líquido, e gasoso.
-químicos: quando envolvem a mudança na matéria uma transformação química na substância (amostra); como a decomposição de um alimento, mudança de cor, liberação de bolhas ou fumaça, formação de ferrugem, combustão – queima.
Mas antes de pensar como isso acontece vamos pensar o que existe dentro dessa matéria… como são essas substâncias, como são os elementos químicos.

Decomposição
-As substâncias são formadas por um ou mais elementos químicos.
-Elemento químico é um conjunto de átomos semelhantes (de mesmo número atômico).
Os nomes e símbolos foram proposto pelo químico sueco Jöns Jacob Berzelius (1779-1848) antes de organizá-los na Tabela periódica.
Durante a alquimia, os alquimistas, escolheram nomes e símbolos para os elementos que descobriram. Foi feito um levantamento dos nomes de origem (os primeiros) e como seriam escritos em latim. Como o número de elementos químicos existentes é maior do que o de letras utilizam-se na maioria dos casos, duas letras: a primeira sempre maiúscula e a segunda minúscula .
Exemplo: NaCℓ , H2SO4 , H3PO4
Qual é o origem ou explicação para o átomo…
-Átomo é o nome dado é uma espécie química com as mesmas propriedades específicas físicas.
A existência que uma partícula (parte pequena) foi proposta pelos filósofos : Demócrito e Leucipo: “existe o átomo” (do grego: “a” quer dizer não, e “tomo” quer dizer divisível), esta proposta não foi bem aceita na antiguidade, mas durou até a revolução científica com John Dalton.
propostas de modelos explicativos para a representação do átomo:
-Dalton acreditando na proposta de Demócrito e Leucipo, fez estudos experimentos, e em 1808 publicou um livro com suas hipóteses e teorias sobre o atomismo. Para Dalton o átomo seria como uma esfera maciça (bola de bilhar – em proporções muito pequenas).
-Thomsom fez experimentos e observou que o átomo seria uma esfera positiva (gelatinosa) com cargas negativas ao redor, como um pudim de passa ou um brigadeiro.
-Rutherford fez os seus experimentos com radiação e observou que dentro do átomo (na esfera) temos um núcleo com (prótons – positivos – e os nêutrons) e ao redor girando na eletrosfera os elétrons-negativos- como um sistema solar.
-Rutherford-Bohr: em seus estudos propôs o modelo quântico que é explicado como: um núcleo com prótons e nêutrons e os elétrons estariam distribuídos em orbitas referentes às camadas eletrônicas de cada elemento.

As características do átomo que foram apresentadas pelos cientistas:
-número atômico (Z) – identifica o átomo/elemento, é igual ao valor de prótons e também de elétrons do átomo no seu estado fundamental. (Z=p=e)
-número de massa atômica (A) – pode ser calculado pela soma dos valores Z+N, corresponde ao “peso” do átomo/elemento, é chamada de massa atômica relativa, pois considera os “pesos” de todos os semelhantes do átomo e suas proporções, este valor é o mesmo que esta na tabela periódica de elementos.
-número de nêutrons – é a diferença entre os valores A-Z.